Preservativos vêm em latinhas douradas que parecem caixinhas de balas ou de maquiagem. Dê sua opinião sobre o produto na enquete e nos comentários

Um grupo de quatro jovens de Nova York criou uma empresa diferente de camisinhas, a Lovability. Apesar de ter o mesmo objetivo dos outros preservativos - proteger a saúde dos usuários de doenças sexualmente transmissíveis e evitar uma gravidez indesejada - o produto não quer se parecer com os seus concorrentes. 

A missão do produto é exatamente atender as mulheres que ainda têm vergonha de carregar preservativos na bolsa. Propositadamente, as latinhas de metal que embalam as camisinhas podem ser confundidas com embalagens de balas ou de cosméticos.  

Presidente da Lovability Inc., a americana Tiffany Gaines conta que teve a ideia de criar uma camisinha diferente ao perceber que como ela, suas amigas se sentiam constrangidas em ir a uma farmácia comprá-las. Para elas,  andar com preservativos na bolsa também é embaraçoso. 

 “Nossa missão na Lovability Inc. é empoderar as mulheres para que elas tenham responsabilidade sobre a saúde sexual delas”, teorizam as fundadores da empresa, no site da companhia.  

Cada embalagem contém três preservativos masculinos embalados individualmente. Douradas, as latinhas têm angelicais rótulos rosados. Além disso, as camisinhas são veganas, por serem feitas sem uso de nenhum produto de origem animal.

Em seu slogan, a  Lovability também  romantiza as camisinhas, dizendo as suas possíveis compradores: “Seja doce, seja fogosa, seja sensata”.

O projeto das quatro jovens está em uma plataforma de financiamento coletivo na internet, tendo arrecado mais de R$ 100 mil, superando a meta inicial era de R$ 57 mil. 

E você, ainda tem vergonha de carregar camisinha na bolsa com medo do que os outros vão pensar? Ou acha que está mais do que na hora das mulheres deixarem os preconceitos de lado e assumirem que a saúde é mais importante que a opinião alheia? Dê a sua opinião sobre o produto da Lovability na enquete abaixo. 



    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.