15 dicas quentes para prolongar o prazer na cama

Aumentar o tempo do sexo pode ser uma boa pedida para esquentar o relacionamento que anda meio murcho. Já pensou nisso?

Katia Deutner |

Com o tempo, é comum o sexo dar uma esfriada e as “rapidinhas” tomarem conta do relacionamento. Motivos no nosso dia-a-dia não faltam para nos privar de momentos mais prazerosos com o parceiro. Pode ser a falta de tempo, de paixão ou até mesmo a rotina, que acaba com qualquer casal.

O que fazer para mudar a situação? Em primeiro lugar, se gostar e querer dar prazer. “Cada casal tem sua performance e seus truques. O ideal é que o clima seja de carinho. Algumas fantasias fazem bem, mas tem que ser de comum acordo”, alerta a terapeuta sexual Maria Helena Vilela, diretora do Instituto Kaplan.

Estar ali só de corpo presente também não facilita nada. Se o que você quer é ter momentos mais agradáveis, é melhor se dedicar ao assunto. “Prolongar o prazer depende de uma compreensão sobre nosso funcionamento psico-fisiológico. A maioria dos homens denomina prazer ao orgasmo e ejaculação”, comenta o terapeuta sexual Oswaldo Rodrigues Júnior, do Instituto Paulista de Sexualidade (Inpasex).

Mas é claro que uma transa não se resume a isso. Se você está interessada em prolongar o prazer na cama, é preciso rever os conceitos – e ajudar seu parceiro a rever os dele também. Veja a seguir alguns truques.

Para os dois

1. Treine seus sentidos. Dirija suas atenções para as sensações que trazem bem-estar sensorial, classificando os variados prazeres diários.

2. Compartilhe seus desejos. “Converse sobre as fantasias, ensine segredos do corpo e toque o outro do jeito que lhe agrada. Descubra o caminho do prazer”, completa Maria Helena Vilela.

3. Invista nas preliminares. “Elas são muito importantes e devem ter a atenção especial do casal. Um beijo, uma carícia especial... O cérebro é invadido por uma onda gigantesca de excitação que leva a pessoa ao prazer sexual”, diz a terapeuta sexual.

4. Programe jogos eróticos pré-penetração. Dê as regras para o corpo desejar prolongar o ato sexual. “Dê atenção aos cinco sentidos, de como cada um será estimulado, focando a atenção nestes prazeres”, explica Oswaldo Rodrigues Júnior.

5. Brinque e faça carícias como cócegas. Sinta o corpo dele tremer e se entregue a esta sensação. Permita que o prazer aumente e não pare este processo.

6. Planeje o sexo analisando os dias mais favoráveis (e com tempo) para se entregar às carícias prolongadas. “Ter pouco tempo ou saber que os filhos vão bater à porta vai tornar a relação mais curta e ansiosa. Para que se prolongue, devemos deixar de lado qualquer discussão e se colocar por inteiro”, orienta a urologista e terapeuta sexual Sylvia Faria Marzano.

7. Não se cobre, nem cobre o desempenho do outro. Isso só gera frustrações.

Para ela

1. Use e abuse da sensualidade natural. Identifique pontos positivos e como melhorar algumas qualidades importantes. “Estar feliz com você é imprescindível para que se valorize. Confie em você e desperte a atenção e o interesse da pessoa amada”, comenta Maria Helena Vilela.

2. Identifique as fantasias que tem e divida com o parceiro, de modo claro e aberto. “Pensar em sexo durante o dia favorece o planejamento em prol das atividades sexuais e com variação, não apenas dedicada ao romantismo que é mais comum às mulheres”, explica Oswaldo Rodrigues Júnior.

3. Outra dica: não deixe que a ereção dele se acabe. E entre uma penetração e outra, use a criatividade para deixar a barraca armada. Vale pés, mãos, lábios, joguinhos, peitos e o que mais a imaginação e o desejo permitirem.

4. Não tenha medo “do que ele vai pensar se eu pedir isso”. “Faça tudo o que tiver vontade e se dispuser a conversar com o parceiro. Leia sobre o assunto, aprenda sobre sexo”, diz Sylvia Marzano.

Para ele

1. Evite gozar. Sim, quanto mais tempo demorar para ejacular, maior será seu prazer. E para isso vale interromper quando estiver quase lá e dar uma respirada. Ficar dois ou três dias sem ejacular também ajuda a ficar com todo o vigor.

2. Dedique-se ao prazer sensorial. “Mas sem exacerbar o pensado, as ideias fantasiosas que lhe são mais comuns, mas que seja de encontro com as necessidades femininas”, orienta Oswaldo Rodrigues Júnior.

3. Deixe-a gozar quantas vezes quiser. Isso não significa que você também tenha que ir para a lua junto. Espere e recomece tudo novamente.

4. “Mulheres têm dois pontos G: um em cada ouvido”, brinca Sylvia Marzano. Converse bastante, provoque. Vai valer a pena.


    Leia tudo sobre: técnicasdicasprazervida a dois

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG