Mayra é uma das responsáveis pelo corpo de Anitta e defende que é preciso cortar "venenos" e esquecer a palavra dieta para conquistar a boa forma

Mayra Cardi comanda um programa de emagrecimento que atrai famosos e conquista fãs nas redes sociais. Ela já ajudou, por exemplo, a cantora Anitta a mudar o corpo e redefinir a silhueta e fez com o cantor Sorocaba emagrecer alguns quilinhos. E tudo isso sem dietas mirabolantes - nem a palavra dieta ela gosta de usar. 

Leia tudo sobre dieta

Mayra Cardi já ajudou famosas como Anitta a emagrecer. Veja dicas
Divulgação
Mayra Cardi já ajudou famosas como Anitta a emagrecer. Veja dicas

Em um papo com o Delas, Mayra Cardi afirma que se forem eliminados quatro itens do cardápio, conseguirá emagrecer terá resultados surpreendentes. Ela também dá mais detalhes de seu programa e algumas dicas que vão te ajudar a também conquistar a boa forma até o verão. 

Venenos do cardápio

O verão já está batendo a nossa porta, mas essa dica vale para quem busca tanto um resultado mais rápido e quanto qualidade de vida a longo prazo. Mayra explica que alguns alimentos que são facilmente encontrados no armário de casa são verdadeiros venenos para a vida saudável e também significam quilos a mais na balança e aquela gordura indesejada. 

Por isso, o primeiro passo para buscar a boa forma e também uma alimentação mais equilibrada é se livrar desses quatro itens: 

1. Frituras

Nem toda gordura faz mal, mas algumas, como as frituras de um modo geral, devem, sim, passar bem longe do cardápio. "O óleo que se usa na fritura entope as veias do coração, nosso corpo não consegue mandá-lo embora. Com isso, esse tipo de gordura vai ser prejudicial não só para a nossa saúde, ela vai criando aquela barriga dura e que com o tempo vai ficando mais difícil de perder. É um tipo de gordura ruim", detalha a life coach e também especialista em nutrição.

Leia também: Saiba como consumir gordura de forma correta na dieta

2. Açúcar

Mayra é taxativa: "Isso também deve ser eliminado, ele é uma droga". Ela lembra que estudos e pesquisas já compararam os efeitos do açúcar com os da cocaína no organismo. "Ele já saiu da tabela nutricional e é considerado tão prejudicial quanto o tabaco, então realmente eu não coloco o açúcar na minha vida por nada no universo, nunca", afirma. 

Ainda tem dúvidas de que esse pózinho é um veneno na alimentação? Mayra indica assistir a dois filmes: "Fed up" e "That Sugar". Ela diz que as tramas mostram como esse item pode ser prejudicial. 

3. Farinha branca

Aqui a explicação leva em conta o índice glicêmico - palavrinhas conhecidas de quem segue dieta ou busca uma alimentação saudável. Alimentos com alto índice glicêmico, como a farinha branca e açúcar refinado, provocam picos de glicemia no sangue e isso resulta em acúmulo de gordura. Por isso a maioria dos cardápios incluem alimentos de baixo índice glicêmico, que são absorvidos de maneira mais lenta não causam esses picos. 

Mayra dá mais detalhes: "Tudo que é processado - não é em grãos - o corpo absorve muito rápido, transforma em açúcar e, automaticamente, o açúcar vira gordura. No final, a probabilidade de você engordar comendo a farinha branca ao invés da integral é muito maior".

Ela ainda vai além e afirma que não permite alimentos processados e cheios de conservantes em sua despensa. "Tudo esses produtos que pegam as piores partes dos bichos, incluem muita gordura e levam muito conservantes fazem muito mal para a saúde. São venenos que não entram na minha casa", enumera. 

Leia também: Como aproveitar o pão e os alimentos integrais na dieta

4. Álcool

Para ajudar na boa forma de Anitta, além de ter sugerido que a cantora cortasse farinha, açúcar e frituras, a especialista tirou o álcool do rotina da diva. "O álcool se transforma em açúcar e em gordura também", ressalta. Portanto, nada de drinques nesse final de ano.

Os malefícios da bebida vão além e impactam até nos resultados da academia. "O álcool 'estraga' os músculos e faz perder massa magra. Sem contar que ele ajuda produzir cortisol, que é o hormônio do estresse, que produz gordura, então não faz bem para a saúde", explica Mayra. 

Antes de depois de Anitta compartilhado por Mayra Cardi
Reprodução/Instagram
Antes de depois de Anitta compartilhado por Mayra Cardi

"Se a pessoa conseguir tirar esses 4 venenos que eu falei - açúcar, gordura, farinha branca e álcool - ela emagrece automaticamente porque todos eles são de rápida absorção e se transformam, consequentemente, em gordura e açúcar", resume a coach. 

Dica de ouro

Além de riscar esses itens, há uma dica conhecida e que Mayra defende em seu programa de emagrecimento: comer de três em três horas. "A gente usa essa questão para manter o metabolismo acelerado. Quanto mais vezes você come, mais o seu organismo vai estar trabalhando, mais ele vai estar metabolizando. Quando você demora muito para comer, seu corpo entende que até a próxima refeição ele precisa guardar gordura, porque você não tem o que ele precisa", explica.

Ela dá um exemplo de como acontece esse estoque de gordura. "Você comeu de manhã e só come de novo à noite. Nesse intervalo gigante ao longo do dia, o corpo vai entender: ‘preciso de nutrientes, mas não tenho, vou fazer o quê? Guardar gordura para transformar isso em energia'. Assim você vai conseguir andar, falar, tudo mais". 

"Se você começa a comer de três em três horas, o corpo vê que está entrando nutrientes bons e começa a se desfazer da gordura por entender que logo terá mais alimentos. Aí a pessoa emagrece", conclui Mayra. 

Mudança de pensamento

Entretanto, saber o que deve ou não comer não resolve se a mente não estiver alinhada com o objetivo. É fundamental conseguir ter controle de sua vida. "Você deve se responsabilizar e ter autoconhecimento de que é o único responsável por você. Enquanto continuar responsabilizando o outro ou achando que o outro vai te trazer uma fórmula mágica, é mais difícil", comenta Mayra Cardi.

Ela diz ainda que é procurada por pessoas que buscam essa tal fórmula mágica e aí entra o papel dela como coach emocional. "Tem gente que chega e fala: 'Ah, eu quero muito emagrecer, mas não tenho tempo de fazer minha comida'. Ou 'Ah, eu quero muito emagrecer, mas estou com muita vontade de beber, então vou beber'. Não existe profissional bom o suficiente para conseguir você fazer mudar se não quiser". 


O conceito e vontade de mudar, seja para buscar um corpo em forma para o verão ou para ter um novo estilo de vida, têm de vir de dentro de cada um. "O primeiro passo é : a responsabilidade é minha, quem vai conseguir ou não alcançar o meu objetivo sou eu. Sabendo disso, você pode achar um profissional que te ajude. Se não fizer essa reflexão, você não chega a lugar nenhum". 

Além disso, ela é a favor de esquecer a palavra dieta, mesmo se o objetivo for emagrecer. "A palavra dieta já é horrível. A pessoa lê ou escuta 'dieta' e já está sofrendo, lembra que toda dieta que você fez na vida foi ruim e , com isso, você já vai começar com o pensamento de que está fazendo uma coisa ruim mais uma vez e já não vai querer seguir", alerta. "Não é dieta que a gente faz, é reeducação alimentar", completa. 

Com todo esse trabalho os resultados surpreendem. Ela afirma que em seu programa já viu mulheres que conseguiram emagrecer de 6 a 16kg e homens, de 8kg a 23kg, tudo depende de cada um. Por isso é importante se conhecer e buscar o melhor método e o melhor cardápio para entrar em forma e cuidar da saúde. 

    Leia tudo sobre: dieta anitta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.