Enquanto vale gastar mais em laranjas, morangos e uvas nas versões orgânicas, abacate, cogumelos e batata doce podem ser não orgânicos

Alimentos orgânicos são apontados como mais saudáveis, já que são livres de pesticidas e outros produtos que podem fazer mal à saúde. Entretanto, sabemos que essas versões são bem mais caras que as "tradicionais". Aí surgem algumas questões: é sempre preciso optar pelo orgânico? Quais alimentos não orgânicos representam menos riscos para a saúde?

Leia tudo sobre dieta

Quando investir em alimentos orgânicos realmente é importante para a saúde?
shutterstock
Quando investir em alimentos orgânicos realmente é importante para a saúde?

Uma pesquisa recente da organização britânica Pesticide Action Network UK montou uma lista, divulgada pelo jornal britânico "Daily Mail", na qual relaciona os alimentos que devem preferencialmente ser consumidos nas versão orgânica porque apresentaram maior nível de pesticidas. A instituição aponta também aqueles que podem ser não orgânicos , já que apresentaram no final da produção menos agrotóxicos e substâncias nocivas.

Leia também: Cozido na ou no vapor? Qual a melhor forma de preparar os vegetais em casa?

Para chegar a esses resultados, foram feitos testes de 2011 a 2015. Veja os detalhes: 

Orgânicos que valem a pena

Essa parte da lista inclui frutas como laranja, limão, morango, uva, maçã, cereja, pêssego ou nectarina, damasco, abacaxi e banana. Entre as folhas estão saladas prontas para o consumo, folhas verdes e couve, ervas e temperos. Também vale ficar atento ao pepino. 

Morango é uma fruta rica em antioxidante, mas também está entre os líderes de agrotóxicos
shutterstock
Morango é uma fruta rica em antioxidante, mas também está entre os líderes de agrotóxicos


Pode ser não orgânico

Desse lado estão frutas como abacate e figo. A list de legumes e vegetais inclui itens como couve-flor, cebola, ervilha, aspargo, rabanete, batata doce, abóbora e brócolis. 

Abacate, segundo a pesquisa, tem baixos níveis de agrotóxicos e pesticidas
shutterstock
Abacate, segundo a pesquisa, tem baixos níveis de agrotóxicos e pesticidas


Benefícios para a saúde

Mesmo com essas opções, pensando na quantidade de agrotóxicos e pesticidas usados na produção, a organização ressalta a importância de dar preferência ao orgânico sempre que possível. Essa versão é mais saudável porque preserva 20% mais itens importantes dos alimentos, como flavonoides e antioxidantes, substâncias que previnem o envelhecimento do organismo e diversas doenças. 

Leia também: Sucos com vegetais - como aproveitar todos os benefícios dessa mistura

A reportagem do "Daily Mail" que cita a pesquisa ressalta ainda que muitos dos pesticidas e agrotóxicos dos alimentos não orgânicos não são eliminados com a higienização e nem com o cozimento. O valor ainda é bem diferente, mas, em alguns casos, vale o investimento pela saúde. 

    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.