Flávia Medeiros, esteticista de diversas famosas, dá dicas para você amenizar esse problema. Por aqui, fizemos uma pesquisa com o que você deve passar longe caso não queria lidar como inchaço nas pernas, na barriga...

É comum algumas mulheres se sentirem inchadas na TPM ou no período menstrual. Outras sofrem com retenção de líquido dependo da alimentação e da rotina. As causas do inchaço podem ser diversas, mas há uma listinha de coisas simples que podem ajudar a lidar com o problema. 

Leia também: Nutricionista fala sobre as causas do inchaço

Retenção de líquidos causa inchaço em diversas partes do corpo, como nas pernas e na barriga
shutterstock
Retenção de líquidos causa inchaço em diversas partes do corpo, como nas pernas e na barriga


Flávia Medeiros, esteticista de diversas famosas como a apresentadora Sabrina Sato e a atriz Fernanda Rodrigues, preparou uma relação com cinco coisas que você pode fazer para diminuir a retenção de líquido e sensação de inchaço. Confira os detalhes: 


1. Beba água

Pode até soar estranho afirmar que para acabar com a retenção de líquidos é preciso ingerir mais líquidos. Mas não é qualquer bebida que ajuda nesse caso (veja mais detalhes abaixo, como que você deve evitar). A sugestão de Flávia é beber 2 litros de água por dia. 

Segundo a especialista, essa bebida é atua como um diurético natural e ajuda o corpo a eliminar toxinas. Para potencializar os resultados, experimente espremer um limão na água. Desse jeito, ela ficará mais alcalina. 

2. Inclua frutas no cardápio

As frutas são ricas em nutrientes e também contém bastante água. Comer esse alimento é mais uma maneira de deixar o corpo bem hidratado. Flavia sugere opções como melancia, figo e mamão. "Eles auxiliam na circulação e previnem ou reduzem o inchaço do corpo", comenta.

Segundo reportagem do site "Hello Magazine", uma fruta pode ser incluida no cardápio é a banana. Rica em potássio, ela auxilia a eliminar líquidos.

Vale também apostar alimentos que são diuréticos naturais, como folhas e pepino. Esse vegetal, inclusive, é o queridinho de diversas celebridades como Jennifer Lopez e Gwyneth Paltrow. Repleto de água, ele hidrata, ajuda a eliminar o excesso de líquidos e ainda poder ser uma arma contra a celulite pois contribui para deixar a pele mais firme. Veja mais detalhes e benefícios do pepino na dieta

3. Mexa-se

Exercício é uma ótima arma contra o inchaço. A atividade física promove a transpiração e, com isso, o corpo também elimina líquido e toxinas. Para completar, fazer exercícios regularmente é uma maneira de tornear músculos e melhorar o retorno venoso. Segundo Flávia, essa melhora evita o acúmulo de líquidos em algumas regiões, como a panturrilha. 

4. Descanse

Além de se exercitar, também é preciso descansar, principalmente as pernas. Pasou o dia todo de salto alto ou andando por aí? A dica da esteticista é elevar as pernas por 30 minutos. Essa medida simples ajudará a melhorar a circulação e, com isso, também evitar acúmulo de líquidos. 

5. Aposte na automassagem

A massagem é uma ótima aliada para quem acabar com a retenção de líquidos. Uma prática muito comum é a drenagem linfática, por exemplo. Nela, o sistema linfático é estimulado , fazendo com que o sangue flua melhor. Os movimentos também ajuda o corpo a eliminar liquidos pela urina. 

Mas se você não tem tempo ou acha que os tratamentos estéticos são muito caros, pode fazer uma automassagem. Flávia apenas ressalta que é preciso ficar atenta à direção dos movimentos das mãos. Eles devem ser ascendentes. "No caso das pernas, o movimento deve ser sempre no sentido da virilha. No caso dos braços e do tronco, em direção às axilas", detalha.

O que NÃO fazer

Aproveitando o tema, separamos dicas também do que você deve evitar para não vir a sofrer com inchaço e retenção de líquido. Veja a lista e tenta passar longe desses itens: 

Abandonar alguns vícios ou maneiras em alguns alimentos ajuda a acabar com o inchaço
shutterstock
Abandonar alguns vícios ou maneiras em alguns alimentos ajuda a acabar com o inchaço


1. Beber refrigerantes e bebida alcóolica

Ambas as bebidas trazem malefícios para o corpo. Enquanto os refrigerantes são recheados de açúcares que pode provocar a dilatação do abdomên e a sensação de barriga estufada, as bebidas com álcool costumam irritar a mucosa do estômago. 

2. Comer alimentos cheios de sódio

O sal ajuda na retenção líquidos e deve ser evitado ou controlado nos preparos em casa. Além disso, muitas vezes consumimos sódio sem nem percebemos. Dê uma olhada nos rótulos dos industrializados e procure a tabela nutricional. Provavelmente aquele biscoto que gosta tem muito mais sódio do que você imagina. E isso pode acabar resultando em inchaço no corpo. 

Também vale tomar cuidado com embutidos. O peito de peru, por exemplo, pode parecer inofensivo para a dieta, mas também costuma ter bastante sódio. 

Leia também: Alimentos que “dão barriga”: veja lista e como substituí-los na dieta

3. Não deixar o feijão de molho

Esse alimento é um clássico na mesa dos brasileiros, mas pode provocar gases e dar a sensação de barriga inchada. Mas uma medida simples pode ajudar. Antes de cozinhar, deixe o feijão de molho por 12 horas e troque a água de tempos em tempos. Isso fará com que o alimento, depois de pronto, produza gases no corpo. 

Também é indicado jogar água fervente no grão antes do cozimento. Você deve cobrir todo o feijão com líquido e deixar por 10 minutos. A água quente também neutraliza as enzimas que provocam gases e, consequentemente, o inchaço. 

4. Abusar de adoçantes

Esse item pode ser uma alternativa para o açúcar, mas merece cuidado. Segundo o especialista Christine Gerbstadt ao site "Health.com", substâncias como aspartame e sorbitol não são digeridas pelo nosso organismo e servem como um gatilho para o inchaço. 

5. Comer com pressa

Outra coisa que deve ser evitada, de acordo com o "Health.com" é comer de maneira apressada. Dessa forma, também será engolido muito ar, o que pode causar desconforto. O melhor é mastigar com calma os alimentos.

6.  Muitas doses de café

O café é rico em cafeína, uma substância que pode desidratar o corpo. E quando há o risco de perder água, o organismo se protege, retendo líquido. Mas estudos apontam que apenas uma quantidade exagerada de café causa desidratação. 

As dicas são simples e você pode inclui-las em sua rotina, mas se o problema com gases, inchaço e retenção de líquido continuar a incomodar você, vale a pena procurar um médico. Você pode ter alguma alergia ou intolerância a algum alimento e não sabe, por exemplo. O especilista vai ajudar a identificar as causas do problema e a tratá-lo. 

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.