Há sempre uma dieta da moda ou fórmulas milagrosas, mas o que é possível fazer para recuperar os "estragos" de um feriado de forma saudável?

Mais um feriadão acabou e chegou a segunda-feira, o dia oficial de começo de dieta. E se você exagerou na folga, aproveitou para jantar fora e comer guloseimas (tudo bem, nós também aproveitamos por aqui), e agora pretende recuperar a boa forma e o ritmo de malhação, quais as dietas para emagrecer que você pode seguir? 

Leia também: Termogênico acelera o metabolismo e ajuda a emagrecer, mas requer cuidados

Quais dietas para emagrecer você pode fazer depois dos exageros de um feriado?
shutterstock
Quais dietas para emagrecer você pode fazer depois dos exageros de um feriado?


Separamos uma lista com dietas para emagrecer que já deram o que falar aqui no iG e também algumas dicas e alertas para te ajudar a entrar em forma de maneira saudável. Veja os detalhes e escolha o caminho que mais combine com você. E vale sempre lembrar: procure um médico ou nutricionista antes de começar uma dieta. O profissional será capaz de montar um cardápio individualizado, de acordo com as suas necessidades e seus objetivos. 

Opções de dieta

Dietas da moda e algumas mais radicais até fazem com que a pessoa tenha um resultado rápido. Entretanto, é preciso ter cuidado para não ganhar peso de novo depois do período da dieta. Esse é o caso da famosa dieta detox

Nela, a promessa é enxugar até três quilos em três dias de restrições alimentares. Os alimentos permitidos são os naturais - muitos legumes e verduras - e aqueles que ajudam o corpo a eliminar toxinas. O suco verde é o queridinho desse tipo de alimentação e pode ser feito com ingredientes como couve, gengibre e hortelã. Dessa lista, a couve agrega valor nutricional à bebida sem alterar o sabor, e o gengibre é um exemplo de termogênico. 

Entretanto, como essa dieta corta muita coisa do cardápio, não pode ser seguida por mais tempo, ou a pessoa terá deficiência de nutrientes. 

Leia também: Nutróloga monta cardápio para um Detox de 72 horas

Outra dieta restritiva é aquela que ficou conhecida como Dieta da Beyoncé . A cantora chamou a atenção com suas curvas e excelente forma em um baile de gala em 2015 e todo esse burburinho tornou o regime conhecido.

Ele foi criado por Marco Borges, fisiologista e personal de trainer da diva pop e de outras famosas, e defende que são necessários 22 dias para que você se adapte a um novo estilo de alimentação, muito mais natural e saudável, e entre em forma. É a "Revolução dos 22 dias". 

A ideia é seguir um cardápio vegano e comer alimentos como legumes, verduras, frutas, sementes e proteínas vegetais. Nada que é industrializado ou de origem animal é permitido.

Leia também: Ela perdeu medidas com a"dieta da Beyoncé": "Em 3 dias já senti a diferença"

Ainda na linha das famosas, a forma como a atriz Deborah Secco recuperou o corpo depois do nascimento da primeira filha reviveu uma discussão: o que vale mais, comer de três em três horas ou fazer jejum? Com isso, a ideia do jejum intermitente ganhou forças. 

Após a gestação, Deborah falou que chegou a ficar 23 horas sem comer  e que no momento das refeições poderia o que o que quisesse, contanto que fosse "planta ou bicho". A ideia faz sentido, já que as proteínas das carnes trazem uma sensação de saciedade por mais tempo, tornando mais fácil o hábito de espaçar as refeições. 

Entretanto, mais uma vez é preciso acompanhamento e orientação médica para não exagerar no jejum e também não excluir nutrientes importantes do cardápio. 

Muita gente pensa que a forma mais indicada e rápida para recuperar a boa forma depois de exagerar em uma folga ou feriado é cortando carboidratos. E uma das dietas para emagrecer que se encaixa nesse conceito é a Low Carb

Como o nome diz, a ideia é reduzir a ingestão de carboidrato. Mais uma vez, a base da alimentação é de produtos naturais e nada de industrializados. Os carboidratos simples, como pão branco, dão lugar aos complexos, como aqueles feitos com farinhas integrais e alguns legumes, como batata doce e mandioca. 

Com essa trocas, há uma perda de peso porque itens como corantes e conservantes serão excluídos e entraram no lugar alimentos que dão saciedade e de baixo índice glicêmico (aqueles que não produzem picos de açúcar no organismo. Esses picos podem resultar em acúmulo de gordura). 

Se seguida corretamente, a low carb vira um hábito e pode fazer parte da rotina da pessoa. Veja todos os detalhes e o cardápio low carb para uma semana  e mais dicas. 

Sabotadores da dieta

Além de pensar em uma dieta, vale tomar alguns cuidados, seja para se recuperar depois de "enfiar o pé na jaca" em um feriadão ou folga, seja para manter a alimentação saudável. Alguns itens que parecem magrinhos podem, na verdade, ser grandes sabotadores no seu caminho para emagrecer. 

Muitos nutricionistas e médicos condenam bebidas como os refrigerantes zero ou light. Há quem diga que ele até pode ser consumido, por exemplo, por aquela pessoa que é viciada na bebida e está tentando mudar o hábito. Nesse processo, pode passar da versão normal para a light e, depois, parar de vez. 

Um estudo recente coloca mais um ponto negativo  nos refrigerantes light ou diet. Além de não agregar nutrientes a seu cardápio, ele pode fazer você engordar por influenciar seu metabolismo, deixando o mais lento.

Outro estudo mostra que a até a água com gás pode ser uma vilã para quem quer emagrecer . Segundo pesquisadores da Birzeit University, da Palestina, o dióxido de carbono faz com que se sinta mais vontade de comer e, com isso, há um risco mais de exagerar nas porções.

A melhor opção parece ser mesmo a água mineral. Até os sucos naturais podem atrapalhar a dieta. Além de ter a tentação de colocar açúcar na bebida, ao transformar a fruta em suco há o risco de perder nutrientes. Se puder, consuma a fruta inteira, inclusive com a casca, para evitar desperdiçar fibras e vitaminas.

Também vale tomar cuidado com os falsos magros. A barrinha de cereal que está ali na prateleira do supermercado pode ser a opção ideal para o lanche da tarde? Pois é, nem sempre. Muitos desses produtos são carregados de açúcar e aditivos. Ao optar por esse item, fique atenta ao rótulo. Se o primeiro ingrediente que aparecer for açúcar, desista da ideia. Isso significa que o que em maios quantidade naquela embalagem é açúcar, e não cereal. O mesmo vale para produtos como granola e cereais matinais.

Mexa-se!

E que tal aproveitar que pretende começar uma das dietas para emagrecer e também investir em uma atividade física? Ou retomar a academia depois dos dias de folga? Manter uma rotina de exercícios faz bem para a saúde e para a boa forma. Para completar, veja dicas de exercícios que liquidam muitas calorias .

    Leia tudo sobre: dieta
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.