A criatividade é importante em todos os aspectos de nossas vidas e ajuda a desenvolver o autoconhecimento. Conheça sete dicas que ajudam seu filho a criar

O desenvolvimento da criatividade começa ainda na primeira infância
Thinkstock/Getty Images
O desenvolvimento da criatividade começa ainda na primeira infância

Para os psicólogos, ser criativo é conhecer a si mesmo, ter noção do próprio espaço , das virtudes e dos limites. O que muita gente não sabe é que o desenvolvimento da criatividade começa ainda na primeira infância .

Aquilo que o bebê cria depende, em grande parte, daquilo que lhe é apresentado pela mãe e da forma com que ela corresponde às necessidades do filho, afirma a psicoterapeuta infantil Vanessa Morcrette.

Leia mais
100 Brincadeiras: escolha a ideal para fazer com seu filho

Vanessa explica que os bebês percebem quando as mães validam suas solicitações e reconhecem isso como uma conquista . Conquista que, futuramente, se manifesta de forma criativa.

Para ocorrer esse processo, no entanto, é necessário haver um ambiente propício , bom e suficientemente acolhedor. Se desde o nascimento os pais puderem dedicar-se ao bebê plenamente, atendendo suas necessidades básicas, validando sua existência, apresentando-lhe o mundo e seus limites, isso pode ser construtivo e muito criativo, complementa Vanessa.

A psicoterapeuta dá sete dicas que ajudam na construção de um ambiente estimulante: 

1. Conecte-se com seu bebê

Crie uma ligação forte com o seu filho desde pequeno , reconhecendo seu choro e seus gestos de gratidão ao ser amamentado (como aquele ato de colocar a mãozinha no seio da mãe). São esses pequenos gestos , uma vez retribuídos, que dão o preenchimento à existência desse bebê, afirma a psicoterapeuta.

2. Crie momentos divertidos

É fundamental que os pais estejam presentes e tornem divertidos os momentos que passam com os filhos. Assim, o contato físico, os sons, a amamentação, o banho, o ninar, vividos de forma prazerosa e lúdica, contribuem para o desenvolvimento saudável da criança.

3. Estimule a espontaneidade

Especialmente quando começam a caminhar, as crianças estão descobrindo o mundo , querem explorar o espaço que lhes é oferecido. Uma boa forma de estimular a criatividade nos pequenos é participar de brincadeiras espontâneas , como jogar bola, correr, brincar de casinha e jardinagem. Esse brincar se expandirá futuramente para as áreas profissionais, relata Vanessa.

4. Não faça comparações

É importante que os pais deixem as crianças se expressar livremente . Criticar ou comparar o desenho do seu filho com o dos demais coleguinhas, jamais! Os pais podem orientar as crianças, mas sem interferir na sua expressão criativa.

Dê a ele massinhas de modelar, argila, blocos, materiais descartáveis e deixe que crie conforme a imaginação. O erro só existe nos olhos dos adultos . Tudo que a criança faz é válido para seu crescimento e aprendizado.

5. Não tenha medo de elogiar

Elogie muito! Estimule seu pequeno a ser o gênio que existe dentro dele! Um dos maiores obstáculos ao desenvolvimento contínuo da criança é a rejeição às suas manifestações criativas. Raros são os pais que elogiam seus filhos , com insistência, a cada manifestação de criatividade, afirma o escritor e pesquisador Luiz Carlos Martins, fundador do Projeto Saber, no texto " Técnica para desenvolver a criatividade nas crianças ."

Segundo Martins, a falta de elogios faz com que a criança se sinta inútil e rejeitada, o que diminui sua autoestima. Se você se habituar a elogiá-la ¿ Que bonito! Você é muito inteligente! - estará permitindo que ela, por si só, desenvolva seu potencial criativo (ela vai querer fazer sempre mais e melhor para agradá-lo, para receber mais elogios) e equilibre positivamente o seu lado emocional (ela vai se sentir amada , e isso é fundamental para o desenvolvimento de qualquer criança), aconselha o escritor.

6. Valorize as criações

Outra boa dica é valorizar o esforço criativo do seu filho, por exemplo, emoldurando o desenho que ele fez e colocar na sala, mostrar a obra para os amigos e elogiar na presença dele, deixando bem claro que sente o maior orgulho dele e o considera muito inteligente.

7. Use a internet a seu favor

A internet possui vários programas (muitos gratuitos) que ajudam a estimular a criatividade da criançada. Essas ferramentas, no entanto, não funcionam sozinhas. Esses recursos externos podem ajudar futuramente, mas não conseguem substituir sua capacidade criativa. Acredito que o mais saudável ainda seja, de fato, o exercício pedagógico dos pais, afirma a psicoterapeuta Vanessa Morcrette.

Mariana Newlands
100 Brincadeiras: escolha a ideal para seu filho
Veja algumas dicas de programa online:

Tux Paint
Um simpático pinguim ensina as crianças a pintar e a desenhar, com recursos especiais que ajudam a soltar a imaginação.

Childsplay
Crianças de todas as idades podem se divertir com os 14 jogos educativos (divididos por faixa etária), com sons e cores que despertam a curiosidade infantil.

Phun Beta
Indicado para as crianças maiores, ensina os conceitos de física e química de uma maneira divertida e interessante.

Alfacel
Ajuda as crianças pequenas a identificarem as letras, exibindo imagens dos objetos.

Leia também: Agenda cheia pode atrapalhar desenvolvimento das crianças

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.