Quem não está achando uma solução para a dor de cabeça pode estar procurando no lugar errado. Alguns casos de dor de cabeça crônica podem ser causados (ou agravados) por problemas, quem diria, na articulação da mandíbula. Nessas horas, os remédios tradicionais pouco podem ajudar e é preciso correr para o dentista

Getty Images

Problemas na articulação temporomandibular (ATM), que liga a mandíbula ao crânio, podem causar essas dores de cabeça, que podem vir acompanhadas de dores no rosto, nas costas, no ouvido e no fundo dos olhos.

A causa mais comum para esse tipo de dor de cabeça está associada ao hábito de apertar os dentes, conhecido como bruxismo, explica Simone Carrara, especialista nesse tipo de disfunção. A dentista diz que uma simples análise clínica realizada por um profissional especializado pode revelar o problema.

Se a causa da dor de cabeça estiver realmente na mordida, o tratamento é simples, acessível e pode incluir o uso de ultra-som ou outras formas de eletroterapia, que contribuem para a reabilitação do músculo. Além disso, a terapia pode demandar o uso de algum tipo de medicamento por um tempo específico. Normalmente, é feito um programa que associa diferentes recursos, inclusive orientações para que o paciente aprenda a usar o aparelho mastigatório corretamente, explica Simone. 

A especialista aponta que algumas mudanças simples nos hábitos podem ajudar a evitar que a articulação seja forçada. Ela recomenda que o paciente não masque chicletes ou roa as unhas e que evite manter os dentes em contato. De acordo com Simone, cerca de 10% da população é afetada pelo problema, mas ressalta que praticamente todos os pacientes respondem bem ao tratamento.

Leia mais sobre: dor de cabeça

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.